Sabe o violinista que você encontra no metrô de Nova York? Ou o violoncelista numa calçada do Soho? Então, agora você pode encontrar praticamente a filarmônica inteira! Por causa da pandemia e do fechamento das

Quando a pandemia começou lá pelos idos de março, eu - otimista que sou - estava confiante de que em setembro, oquei, outubro, voltaria a pôr meus pezinhos na Europa. Ou mais especificamente na França.

Graças aos bons resultados obtidos com a longa quarentena, 6.800 bares e restaurantes de Nova York voltaram a funcionar. Não exatamente como era antes, mas ao mesmo tempo é passo de gigante em relação à

A poucos dias de completar sua "noventena", Nova York começa lentamente a colocar suas manguinhas de fora. Hoje começa oficialmente a fase 1 de reabertura da cidade, embora alguns setores já estivessem parcialmente em operação. O

O que dizer de um blog de viagem que completa 11 anos num momento em que a última coisa que as pessoas pensam fazer é viajar (ou pensam em viajar mas, por prudência, não se

Nem em meus “wildest dreams” eu poderia imaginar que um dia estaria escrevendo isto! Mas infelizmente o dia chegou. Não só chegou, como pegou a cidade de calças curtas. Totalmente despreparada. A capital do mundo

Lembram do Concorde, aquele avião que atingia duas vezes a velocidade do som e que cobria a distância entre Nova York e Londres em pouco mais de 3 horas? Exato, aquela quase-espaçonave que voou 27

Até 19 de julho, os amantes do cinema em geral e os fanáticos por Kubrick em particular têm um bom motivo para cruzar o East River em direção ao Museum of the Moving Image em

Começo explicando o ponto de exclamação que coloquei no título: a última retrospectiva de Valloton em Nova York aconteceu em 1991. Quer dizer, já era mais do que tempo de reunir sob um mesmo teto

Todo mundo que tenha lido "O Apanhador no Campo de Centeio" com certeza conhece um pouco da história de seu autor, J. D. Salinger: um homem avesso à publicidade e que fez o que pôde