WE’VE GOT MEWS!

Não, não é um erro. É só um trocadilho pra abrir o assunto deste post: os antigos mews (becos ou vielas) que ainda existem em Nova York. Muito mais comuns em Londres, onde são disputados a tapa pela affluent society, essas vilinhas também fazem parte do tecido urbano (uau!) da cidade.

Sempre escondidas as coitadinhas, é claro. Mas melhor assim, pois foi como conseguiram sobreviver às mudanças que não param de acontecer na assim chamada capital do mundo. Já sei, a esta altura você deve estar pensando: Onde ficam? Cite uma! Tá bom, tá bom. Vou começar com uma das mais gracinhas: Pomander Walk, no Upper West Side.

Mas Pomander Walk é só uma delas. Os mews são muitos e em vários pontos da cidade. Aqui perto de casa, por exemplo, tem uma: essa que você vê na foto e que, além de tudo, dá frente para o East River. Que chato… Alguns outros exemplos: Astor Court, também no Upper West Side; Graham Court, no Harlem; Grace Court no Brooklyn; Sniffen Court, em Murray Hill; e tantos outros.

A maioria tem acesso restrito aos residentes. Mas algumas são também acessíves aos comuns dos mortais. Como, por exemplo, o Washington Mews, em Greenwich Village; ou o já citado Sniffen Court.

Na próxima viagem, quando você se cansar dos desumanos arranha-céus que continuam a despontar por aqui, procure uma vilinha para descansar os olhos. Mas cuidado! As imobiliárias passaram a usar o nome mews até em conjuntos residenciais. Mas obviamente são fake-mews (ui!). 🙂

Compartilhar com:
Comentários
  • Hahaha!!! Otima’

    16 de agosto, 2018
  • oops…. novidade pra mim o termo! gostei! 🙂

    26 de agosto, 2018

Deixe um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.