O Jewish Museum de Nova York ganha restaurante.

Claro que ninguém vai a um museu por causa do restaurante que o museu eventualmente possa ter. Agora, quando o restaurante existe e é bom, não vejo por que ele não possa se transformar em mais um motivo para ir ao museu. Faço toda essa introdução para contar que o Jewish Museum de Nova York acaba de ganhar uma filial do badalado Russ & Daughters.

Esta é a segunda filial da casa fundada em 1914. A matriz continua firme na Houston. O Café segue fazendo o maior buzz na Orchard. E agora o Jewish Museum, com cardápio 100% kosher. Bagels, pastrami, salmão, herring e borscht são algumas das delícias salgadas. Entre os doces, babka french toast, challah bread pudding, honey cake, etc.

O restaurante e o museu obviamente não abrem sábado, mas você tem outros seis dias da semana para experimentar. Escolha uma exposição (o JM tem sempre várias em cartaz) e una o cultural ao gastronômico…

Mas se você só quiser mesmo ir ao restaurante, nenhum problema: a entrada é livre.

Compartilhar com:
Comentários
  • Uia! #eugostei
    Adoro restaurante de museu.

    15 de agosto, 2016

Deixe um Comentário