chegando

Vamos para a praia? No inverno? Numa balsa de carga?

Nas infelizmente raras (mini) férias que consigo produzir no apertado calendário da família – férias de verdade, desconectadas de todo e qualquer gadget tecnológico – costumo ir para a praia. Sim, já sei que neste momento a maioria de meus dois leitores já deve estar se perguntando: você, na praia?! Explico: sim, na praia, só que durante o inverno.

Só que este ano, por circunstâncias, a viagem foi antecipada para o outono – o que acabou gerando uma experiência bastante diferente. Explico: como rotina, vou para Nantucket em dezembro, quando os termômetros oscilam entre 5 e 10 graus negativos (preferência que seguramente herdei de meus antepassados eslavos). Bem, mesmo que fosse outono, obviamente esperava encontrar temperaturas de um dígito. Mas que nada! Sol total e aquele clima que se costuma chamar (discutivelmente, na minha opinião) de “agradável”.

Um skyline com muito mais sky

De qualquer maneira, mesmo este morno outono já foi suficiente para estancar o fluxo de visitantes. De fato, a ilha – congestionadíssima no verão –  já tinha se esvaziado completamente de turistas. Pena que, por ainda estarmos muito longe do Natal, nem todas as decorações e liquidações estavam a postos. E pra quem gosta de fotografar (e faz coleção de Papai Noel) essa não foi uma boa notícia.

Agora um pouco de informação. Nantucket é uma pequena ilha, distante 50 km da costa de Massachusetts. População residente, 10.000. Um lugar que parou no tempo – mais ou menos no século XIX. Cheia de pequenos bed & breakfasts; lojinhas muito diferentes das que estamos acostumados a ver; livrarias aconchegantes (Claro, não é? O que mais há pra fazer numa ilha?) e muitos restaurantes, a maioria dos quais fechada no inverno. Por ser um destino de turismo de verão, quase tudo fecha na metade de setembro e só reabre no final de abril. Felizmente (ou infelizmente) um ou dois pubs permanecem abertos o ano inteiro, impedindo assim o tão sonhado início de minha dieta.

Cruzamentos muito perigosos!

Abro um parêntese para uma curiosidade: a única cadeia de loja que conseguiu entrar em Nantucket foi a Ralph Lauren. E, ainda assim, porque se submeteu a todas as restrições impostas pela legislação local: ocupou um espaço que já existia, colocou uma plaquinha muito pequena na porta, e não mudou a fachada. Nantucket é de fato uma experiência única. Imagine caminhar pelas ruas sem encontrar um Mc Donald’s, um Starbucks, um KFC, etc, etc.

Exceção

Bem, teci loas à cidade, mas atenção: é um lugar que só conheço no inverno. No verão, imagino que seja como um destino praiano qualquer: muita gente e muito calor. Se você gosta disso, enfrente cinco ou seis horas de carro (a partir de New York), duas horas e meia de balsa, e congestionamentos permanentes nos poucos quilômetros da rede viária da pequena ilha. No inverno, tudo muda. Mas você não vai no inverno, não é?

Uma esquina qualquer…

Em tempo: eu demorei muito menos tempo pra ir. E, por ter chegado antes, aceitamos embarcar numa balsa de carga. Dezenas de monstruosos caminhões, e nosso carrinho perdido entre eles. Um espaço mínimo na “torre de comando” para nós e os demais caminhoneiros; e nenhuma mordomia do tipo hot dog, cerveja, etc. De qualquer maneira, chegamos antes! E pudemos aproveitar os aproximadamente 50 minutos de vantagem, antes que o sol se pusesse pontualmente às 16:10 da tarde! Mas, acreditem: que maravilhoso por de sol!

Nota da Redação : apesar de o sistema não mostrar, este post gerou comentários. Para ler, é só clicar Comentários no final do texto.

Share With:
Comments
  • Marcie, que lugar lindo! Mais um lugar que eu nunca encontraria no mapa se não fosse você. Espero que tenha descansado e curtido o maridão. bjos e boa semana.

    24 de novembro, 2009
  • Que lugar encantador! Concordo com a Paula… se nao fosse você eu também não encontraria um lugar tão bacana asssim.

    24 de novembro, 2009
  • Nossa, Marcie, faço coro com a Paula e a Natalie, lugar maravilhoso! E eu simplesmente de-tes-to visitar qualquer lugar cheio de turistas. Aqui no Brasil eu sempre ia pra o Espírito Santo em maio, e visitava aquelas praias maravilhosas, Meaípe, Ubu, Piúma, etc vazias. Fui um vez no carnaval pra nunca mais… argh!
    Taí, mais um lugar pra colocar na minha listinha, quem sabe um dia… Beijos

    24 de novembro, 2009
  • ahahahaha só vc mesmo queridona! Praia no inverno! Mas parece ser um lugar lindo e aconchegante. A Julie foi com vcs? Espero que tenham descansado muito!
    beijo enorme com saudades!

    24 de novembro, 2009
  • Marcie, que post lindo, por do sol MARAVILHOSO e uma pérola que você nos apresentou 😉 Uma graça a cidade e ano inverno colhedora com certeza, você sabe das coisas 🙂

    Adorei o feedjit :mrgreen:

    24 de novembro, 2009
  • Que gostoso ler seus posts! E ate que, pensando bem, experimentar uma praiona a 10 graus negativos seria uma experiencia bem interessante 😉

    24 de novembro, 2009
  • Pois é, Marcie, isso é q dá ficar lendo seus posts… a gente fica com vontade até de ir pra Nantucket no inverno! Ainda mais depois de ter seguido algumas das suas recomendações em NY. Não tem erro! Curtam bastante seu sossego.

    24 de novembro, 2009
  • Eu não tenho nada contra praia no inverno. Na verdade, como o sol e eu não temos uma relação muito amigável, essa seria a melhor opção pra mim. 😉

    26 de novembro, 2009
  • Concordo com todas………

    Lindas fotos, belissimo lugar.. so faltou a modelo là em alguma foto.. “umazinha” pelo menos..

    Então lembre-se de mim no proximo inverno e tire uma fotinho em minha homenagem..

    😆

    30 de novembro, 2009
  • Oi Marcie,

    Muito bacana ver esse post pois estou planejando ir a Cape Cod em setembro/2010 fazendo uma parada de carro entre Boston e NY. O que vc me sugere sobre qtos dias ficar na região? Além de Nantucket, quais outros lugares vc acha interessante em Cape Cod?
    Obrigado

    6 de dezembro, 2009
    • Nico, Cape Cod é uma região cheia de atrativos. Além de Nantucket e Martha’s Vineard, há pequenas outras cidadezinhas que valem a pena conhecer: Hyannis, Sandwich, Plymouth. Quanto tempo você teria disponível? Que tipo de viagem você quer fazer?
      Abra o bico!

      6 de dezembro, 2009
  • Marcie, minha idéia são 4 dias em Boston e 6 em NY, e no meio uma parada em Cape Cod, provavelmente não teria mais de 3 dias. Minha intenção não seria conhecer tudo de Cape Cod mas visitar um local interessante entre Boston e NY. Pode dar seu pitaco. Acha que 4 dias em Boston é muito?

    6 de dezembro, 2009
    • Nico, acho que 4 dias é o tempo perfeito para Boston. E se você for escolher um lugar só em Cape Cod eu sugiro Martha’s Vineyard. É maior do que Nantucket e lhe dá uma idéia mais completa de Cape Cod. Como eu tenho certeza de que você vai querer voltar, na próxima vez você iria a Nantucket.

      6 de dezembro, 2009
      • Marcie, obrigado. Vou considerar fazer essa parada em Martha’s Vineyard, parece um ótimo local para ter essa geral de Cape Cod para se dividir o trajeto em Boston e NY. E parabéns por seu ótimo blog que inspira muitas viagens.

        7 de dezembro, 2009
  • Nossa, até eu, que detesto frio, fiquei com vontade de conhecer essa ilha – e essa coisa de manter as tradições é tão difícil hoje em dia, né? Marcie, tudo que vc apresenta fica com um sabor diferente! Adoro seus textos! bjs,

    24 de outubro, 2010
  • Marcie, que lindo!!

    Disseram tudo aí em cima. Você, com este post poético, faz a gente que mora em um país cheio de praias lindas, ter vontade de encarar 6horas de estrada mais 2horas e meia de balsa para ir a uma praia com temperaturas de 1 dígito!! 🙂

    24 de outubro, 2010
  • Uau!!

    24 de outubro, 2010
  • Oi! Gostaria de uma ajuda estou indo para Martha’s Vineyard dia 05/07, bem no meio do feriado… e os preços estão altíssimos. Como não conheço a região gostaria de saber se é viável ficar fora da ilha e me locomer no ferry (li que em alta temporada o ferry é dificílimo né?), ou se é melhor pagar mais e ficar na ilha mesmo. Será que 2 dias são suficientes?

    Obrigada

    21 de maio, 2013
  • Obrigada! Não tenho nada reservado pq fiquei sabendo que sairia de férias há uma semana… estou correndo com tudo!! Vou ver o que ainda consigo… Estou mais preocupada com o ferry, vc saberia me dizer onde posso reservar com antecedência?

    Tks

    22 de maio, 2013
  • Oi Marcie: que demais o post. Estou querendo ir em Maio para Cape Cod. Vou ficar 4 dias na região? Vc recomendaria me hospedar em Nantucket, Martha’s ou em Providence para facilitar visitar diversos locais? Quero muito ir a Nantucket de qq maneira. Quais dicas? Obrigada

    2 de dezembro, 2014
      • Obrigada, Marcie pela resposta.
        Já estou pensando em aumentar a viagem p 6 dias. 2 em Nantucket, 2 em Martha’s e 2 na parte continental cape cod e providence 😉 acho que fica melhor, né?

        abs

        3 de dezembro, 2014
  • Ola! Adorei o post . Eu e meu marido estaremos em um congresso em Boston no final dr maio/junho. Essa época já é cheio e congestionado, no que se refere a cape cod? Vale a pena ir? Ou melhor fazer a dobradinha Boston / New York? Obrigada!

    7 de dezembro, 2014

Leave A Comment