Quando a gente pensa que já viu tudo em Nova York, tem sempre um projeto mais “crazy” ainda para nos surpreender. É o caso do projeto Fly by Night, do artista Duke Riley. Se você visitar

Dia 20 de julho, o Lincoln Center dá o pontapé incial (melhor dizendo, dá a nota inicial) no seu tradicional festival de verão. É o Lincoln Center Out of Doors, que abre com ninguém menos

Já entrou em função no Brooklyn Museum um “guia” que é um misto de app com uma pessoa de verdade. Uma espécie de appessoa (ui!)… Tudo isso porque a coisa funciona da seguinte maneira: vamos

Imagine mais de 200 galerias de arte do mundo inteiro, concentradas numa pequena ilha durante quatro dias. Essa é a Frieze New York, a famosa feira anual de arte que acontece no Randall’s Island Park

Quem viu o filme Psicose de Alfred Hitchcock (quem não viu, não é?) lembra bem do Motel Bates e da tétrica casa onde Norman Bates morava com a mãe. Uma casa, aliás, que Hitchcock “pediu

Não esperem ver o mesmo número de peças que teve a última exposição do Picasso no museu. Nem o buxixo que ela causou na mídia. Mas, apesar disso, a mostra de Degas tem tudo para

Na contracorrente do que acontece em tantas cidades dos Estados Unidos e do mundo, Nova York está ganhando novos cinemas. E vários dos antigos estão sendo reformados. Claro que se esparramar no sofá em casa é

O endereço você certamente já conhece: é o do antigo Whitney no Upper East Side. E o nome é MetBreuer. Exato, o Metropolitan Museum fez um “puxadinho” e chegou até a 75 com a Madison. O

Não é com muita frequência que os museus e galerias de Nova York abrem espaço para a arte que não venha de “fornecedores” consagrados, como por exemplo Europa e Ásia. Menos ainda arte contemporânea. E

Louise Bourgeois, para quem não conhece ou não se lembra, é a artista plástica que tem uma de suas mais famosas obras no MAM: a incrível aranha que ela chamou de Mamãe. Louise viveu mais