Cadê a árvore que estava aqui?

Existem duas Nova York: aquela que a gente vê e a outra que acontece nos bastidores.

A árvore de Natal do Rockefeller Center é um exemplo disso. Virou cartão postal da cidade, atraiu milhões de visitantes e agora, passadas as festas, vai iniciar sua segunda carreira. Não mais como árvore, mas sim como material de construção.

Explico: a bichinha tem 30 metros de altura! É madeira para dar com pau (ui!). Diante disso, em vez de deixar a pobrezinha virar serragem, a associação Habitat for Humanity teve uma ideia melhor: usá-la na construção de casas para pessoas de baixa renda. Embora pouca gente saiba, a doação acontece desde 2005. Uma ideia genial. Um ato de solidariedade.

E um exemplo da Nova York que a gente acabaria não conhecendo – não fosse o Abrindo o Bico “retuitar” a notícia… 😉

 

Compartilhar com:
Nenhum Comentário

Deixe um Comentário