A casa das trezentas mulheres.

Fachada do The Webster. Foto Rogéria Vianna

A Rogéria, que está passando uma temporada na Grande Maçã, descolou (ainda se usa esse verbo, imagino…) um endereço onde moças de fino trato podem se hospedar sem causar dano ao orçamento de viagem.  E ela veio aqui abrir o bico. 🙂

“Passar uma temporada em New York? Eba! Mas, ops… vou morar onde?”

 

No The Webster Apartments, meus caros. Ou melhor, minhas caras, porque o local é exclusivo para mulheres de todas as idades.

 

Inaugurada em 1923, quando a rigidez da sociedade da época não permitia que as moçoilas trabalhadoras alugassem seus próprios apartamentos, essa instituição sem fins lucrativos tinha como objetivo oferecer moradia e refeições a baixo custo. As mulheres evoluíram, tornaram-se independentes, mas continuaram contando com esse privilégio.

 

Nessa disputada metrópole, onde as opções mais acessíveis são alugar um quarto na casa de um desconhecido ou viver em um albergue, o Webster é um verdadeiro achado.

 

Localizado em Midtown, na 34th Street, entre a 9th e a 10th Avenues, ele está a poucas quadras do Empire State Building, Madison Square Garden, Macy’s, supermercados, estação de metrô e muitos outros pontos úteis para quem vai viver na Big Apple.

Sala de estar do The Webster. Foto Rogéria Vianna.

 

O antigo prédio de 13 andares abriga 373 quartos individuais mobiliados e com pia. As camareiras fazem limpeza diária e faxinas semanais. Há vários banheiros de uso comum distribuídos em cada andar. São antigos, mas sempre limpos e raramente estão ocupados (o que é inacreditável, considerando-se o número de mulheres concentradas por metro quadrado).

 

Além disso, o Webster dispõe de lavanderia, computadores, sala de TV, uma farta biblioteca, salas de visitas, um enorme e imponente salão com piano de cauda, jardim e um roof garden que proporciona uma incrível vista da cidade e do Empire State, nos fazendo lembrar que, sim, estamos mesmo aqui.

 

As refeições, sempre fartas e até saborosas, também estão incluídas no pacote. Apesar da aura de pensionato à moda antiga, o Webster não é tão rígido quanto se possa imaginar. Não há restrição de horário para chegar e homens até são bem vindos, mas apenas no primeiro andar, que é onde ficam a recepção e as salas de visitas.

Vista do terraço do The Webster. Foto Rogéria Vianna.

 

Se você está se perguntando quanto custa toda essa hospitalidade, eu conto: de 285 a 315 dólares por semana, com permanência mínima de um mês. Mas há uma importante ressalva: as hóspedes precisam estar comprovadamente trabalhando ou estudando, senão, nada feito.

 

The Webster é mais do que um endereço para chamar de seu em NY. É um lugar onde consegue-se sentir protegida e em casa, mesmo na cidade que nunca dorme.

Obrigadão, Rogéria. E volte sempre para abrir o bico! 😉

Share With:
Comments
  • Que orgulho, euzinha no Abrindo o Bico!
    Dica boa é para ser compartilhada.
    Thanks, Marcie!

    25 de outubro, 2012
  • Bárbaro !

    Mas tem um mâs , fui ler as regrinha e encontrei isso :)))

    Women who come to New York for business purposes can stay at Webster as visitors for $85.00 a day, including a full breakfast. There is a three day minimum.

    É ou não é uma ótima noticia para as Luluzinhas ?

    25 de outubro, 2012
  • Amei essa dica, ano que vem vou ir estudar em NY por 2 meses, e já decidi onde vou ficar 🙂 Muito obrigada!!

    25 de outubro, 2012
  • Vou fazer um post para homens lá no blog: Webster Apartments, onde encontrar mulheres solteiras em Nova York. ;-).

    Cara, o preço é incrível! E pelas fotos o lugar é bem legal. Um achado realmente.

    25 de outubro, 2012
  • Hahaha… acho que vou ter que fazer uma pesquisa de campo antes. Tipo, parado na esquina, pé apoiado na parede, cigarrinho na boca, vendo o vai e vem da muguegada.

    😉

    25 de outubro, 2012
  • Suas dicas de NYC são sempre ótimas e com esse achado da Rogéria, meus problemas acabaram! A conta agora fecha e eu vou. Obrigada!

    25 de outubro, 2012
  • Nossa! Realmente um achado!

    25 de outubro, 2012
  • Legalzão o descolado Webster

    😉

    @GusBelli

    26 de outubro, 2012
  • Mais uma que vale a pena contar sobre o Webster: eles montaram uma verdadeira operação de guerra aqui durante e depois da passagem do furacão Sandy. Ofereceram lanternas novinhas para todas as hóspedes e uma equipe de funcionários montou acampamento, sem voltar para casa, para que todas as refeições continuassem sendo oferecidas e a limpeza do lugar ficasse em dia. NY no caos lá fora e nós 100% assistidas aqui dentro. Ponto pra eles!

    31 de outubro, 2012
    • Rogéria! Ficarás lá até quando? Estou chegando dia 24 lá!

      14 de novembro, 2012
      • Oi, Carla! Fico lá até dia 30.
        Peça para deixarem uma mensagem na minha caixinha de correio quando você chegar, ok?

        14 de novembro, 2012
        • Ótimo! Deixo sim. A primeira vez que fiquei no webster, não consegui me enturmar. Pelo menos agora sei que não tomarei café da manha sozinha 🙂

          14 de novembro, 2012
        • Rogéria! Deixei um bilhete na sua caixinha! 🙂

          27 de novembro, 2012
    • Olá Rogéria!!
      Preciso muito da sua ajuda e da ajuda de quem puder me ajudar! É muito URGENTE!
      Eu estou indo estudar em NYC (intercâmbio) e havia alugado desde outubro de 2012 um apartamento através do AirBnb. Porém, a proprietária vai ser despejada e só hoje recebi a mensagem dela cancelando o aluguel e estou sem chão, literalmente!!! Meu vôo é para dia 13/12, próxima quinta e chego na sexta, dia 14/12/12 em NY! Vi que tem este The Webster, mas vi que eles não aceitam e-mail. Só carta ou telefonemas? Meu inglês é básico e não dá para negociar sem ser por e-mail, pois uso o Google tradutor me ajudando. Você tem alguma dica de como eu poderia alugar este apartamento lá para o período de um mês, começando no dia 14/12? Por favor, me ajudem! Obrigada!

      9 de dezembro, 2012
      • Oi, Juliana!
        Eu já voltei mas o que posso dizer é que o Webster realmente só negocia via carta ou telefonema. Como vc está com o prazo muito apertado e não se sente confiante para falar ao telefone, escreva uma carta explicando sua situação, o dia que vc vai chegar e mande por fax. Peça para eles responderem por fax também. Eles são bem rápidos na resposta.
        Eles vão pedir para fazer um depósito de 50 dólares em um escritório da Western Union (já verifique ontem tem na sua cidade).
        É incrível, mas em pleno 2012 ainda não aceitam e-mail…

        Boa sorte e qualquer coisa, grite.

        10 de dezembro, 2012
  • Maravilha, mesmo! Vale a pena divulgar.

    2 de novembro, 2012
  • Nossa, adorei! Vou ver se arranjo um empreguito em NY, hahaha, só pra poder ficar um mês hospedada aí. Que achado, hein?

    2 de novembro, 2012
      • Estás no Webster também? Seria muito bom encontrar alguem pra conversar la, na primeira vez q fui, em abril, não consegui me enturmar muito bem

        Carla

        14 de novembro, 2012
        • Olá Carla!!
          Preciso muito da sua ajuda e da ajuda de quem puder me ajudar! É muito URGENTE!
          Você ainda está hospedada ai?
          Eu estou indo estudar em NYC (intercâmbio) e havia alugado desde outubro de 2012 um apartamento através do AirBnb. Porém, a proprietária vai ser despejada e só hoje recebi a mensagem dela cancelando o aluguel e estou sem chão, literalmente!!! Meu vôo é para dia 13/12, próxima quinta e chego na sexta, dia 14/12/12 em NY! Vi que tem este The Webster, mas vi que eles não aceitam e-mail. Só carta ou telefonemas? Meu inglês é básico e não dá para negociar sem ser por e-mail, pois uso o Google tradutor me ajudando. Você tem alguma dica de como eu poderia alugar este apartamento lá para o período de um mês, começando no dia 14/12? Por favor, tem como me ajudar se ainda estiver ai? É que faltam 3 dias apenas e tudo que eu fiz, toda minha organização, vejo que pode ir por água abaixo se eu não conseguir um local para algugar assim, em cima da hora…Obrigada a quem puder ajudar! Juliana

          9 de dezembro, 2012
  • Olá!
    Sei que este post é antigo, mas adorei o lugar e queria mais dicas. Nao ficou claro pelo site se quem vai apenas para estudar (no meu caso nao é graduaçao, é linguas), pode ficar hospedada la.
    Estou vendo algumas residencias, mas apenas a webster e a bradon (que esta fechada) tem um preço bom com cafe da manha e jantar incluidos.
    Voces conhecem outras com este esquema de refeiçoes?
    Obrigada!

    10 de março, 2014
  • Vou ficar 5 semanas, mas o aluguel de studios (mesmo pela stb e kaplan) está um absurdo.
    Descobri que a bradon está sim aberta, a stb me informou errado, mas gostei bem mais da eebster. A dica de voces foi otima! Vou ver apenas se eles aceitam o fato de eu trabalhar no brasil e nao nos eua.
    Aqui fica uma dica pra quem quer aplicar pra webster, mas teve dificuldade com o fato deles nao terem email: usei o site hello fax pra enviar e tambem posso receber a resposta por ele. O custo é de 10usd por mes, mad o 1o mes é gratis 😉

    11 de março, 2014
  • Oi Rogéria.. Estou querendo fazer curso de inglês no ano que vem em NY, só com o comprovante da escola consigo me hospedar lá? E com quanto tempo de antecedência você né indicaria para fazer a reserva? Obrigada!!

    23 de abril, 2014
    • Oi, Camila!
      Infelizmente, eles não aceitam estudantes de cursos de inglês.
      Para se hospedar lá você precisa estar fazendo cursos regulares (high school, college, MBA, mestrado…), estágio, programa de trainée ou trabalhando em NY ou região. Tudo comprovado com uma declaração da instituição. Lembrando sempre que o período mínimo de estada é de 1 mês. Se tiver outras dúvidas, fique à vontade para perguntar. Bjs!

      23 de abril, 2014
  • Ótima dica! Quem sabe um dia???

    10 de fevereiro, 2015

Leave A Comment