A New York da Aline Saraiva.

Nota da Redação: A Aline é uma amiga que mora em New York há 4 anos e volta para o Brasil em fevereiro.

Pro JFK você voou. E de lá pro hotel, como é que você vai: taxi, limo, shuttle ou metrô?
Depende da quantidade de malas, mas normalmente vou pra casa de metrô. Acho o máximo ter essa possibilidade!

OK, você chegou ao hotel, desfez as malas, e já está na rua: qual é a primeira coisa que você faz?
Bom, considerando que eu moro em NY, não penso em passeios. Chego em casa e normalmente vou ao Fairway fazer compras pra casa. Pra mim é o melhor mercado da cidade, muita variedade e preço bom, além de muitos produtos orgânicos. Agora o Upper West Side está ainda mais bem servido de mercados bons e baratos, já que o Trader’s Joe também abriu uma loja por lá. Fica bem perto do metrô vermelho na 72.

Deu fome. Você entra em qualquer lugar ou tem um ou mais restaurantes favoritos?
Restaurantes favoritos!
No Upper West Side tem o Cafe Lalo que, além de muito charmoso, tem comidinhas muito bem feitas e doces deliciosos.
No East Village tem o Oyama, um japonês baratinho e bem honesto; o Blind Pig, o bar que tem a cerveja mais gelada da cidade, e o Yuca, um latino disputado e que tem uma caipirinha quase brasileira.
No Lower East Side ficam o Macondo, um colombiano de comida deliciosa, drinks diferentes, chocolate quente dos sonhos e atendimento amigável; o Café Charbon, um francês sem frescura e o The Sixth Ward, um pub tranquilão, com um quintal no fundo, maravilhoso no verão.
No Gramercy tem o Pete’s Tavern, o pub mais antigo de NY que nunca fechou (tem outros mais antigos, mas que passaram um tempo fechados), onde a comida é boa e o atendimento bem simpático.
No Meatpacking tem o Brass Monkey, um pub descoladão, bem pertinho do rio Hudson, com roof top que fica lotado nas noites quentes; o Pop Burger, na nona avenida, que tem uns mini burgers deliciosos e o Gansevoort, um bar bem legal e charmoso no alto de um hotel. Bom pra paquerar!
O hamburguer que eu mais gosto fica no Walkers, em Tribeca.
Ali perto do Hilton tem um restaurante chinês que tem uns noodles deliciosos, além de um choppinho gelado e bem tirado (para os padrões novaiorquinos).
Ih… Ainda tem muitos… Escreveria até amanhã…

Além do roteiro de compras, de que outras maneiras você vive a cidade? Broadway, museus, passeios, cinemas?
Eu gosto muito de cinema e, por sorte, tem um bem pertinho da minha casa. Mas o meu passeio favorito é ir ao River Side Park nos domingos à tarde, quando está calor. Eu compro uma tossed salad, almoço sentadinha num banquinho de frente pro rio Hudson e depois fico lendo. É uma delícia!!

Qual é a área da cidade que você mais gosta e por quê?
Amo o Upper West Side! É uma região tranquila, sem o barulhão de Downtown, e super acessível por causa das várias linhas de metrô.

Outlet é out ou ainda é in? Qual?
Só fui uma vez ao Jersey Gardens e não recomendo.

Que conselho você daria para um brasileiro que ainda não conhece New York (se é que existe algum!).
Se puder, compre menos e olhe mais a cidade. Ande e olhe muito pra cima, a cidade tem prédios lindos. Os parques também são charmosíssimos.

Ao voltar pra casa, o que você sente que está levando de NY? Além do excesso de peso, é claro.
Ainda não sei bem como é isso. Te conto quando descobrir, combinado? 😉

Compartilhar com:
Comentários
  • aline é super descolada e tem um jeito bacana de ver nova york. aliás, nova york vai sentir saudades dessa moça muito especial.
    e nós, que tivemos o privilégio de tê-la como amiga, não menos.
    que aline seja muito feliz em terras brasileiras.
    e que encontre lá o que está indo resgatar.

    31 de janeiro, 2011
  • Ai que legal! Mais dicas de insider! 🙂

    Apesar de não conhecê-la, também desejo um bom retorno!

    1 de fevereiro, 2011
    • A Aline vai fazer muita falta! Mas desejo que ela seja muito feliz nesse novo caminho dela. :smack:

      1 de fevereiro, 2011
  • Amei! Melhor que ver as dicas só passear por elas com a autora! Aline vai deixar muitas saudades!

    3 de fevereiro, 2011
  • Como é maravilhoso ter amigos! Tudo bem que NY é uma cidade encantadora e enlouquecedora, mas se não fosse pelas pessoas que conheci, seria só mais uma cidade…
    Obrigada, Marcie querida, pelo carinho de sempre! E obrigada Roberto e Mila, por mentirem tão bem a meu respeito…hehehe…
    Muitos beijos, já cheios de saudade!

    4 de fevereiro, 2011
  • Aline, como disse a Lena, não conheço vc mas amiga da Marcie é nossa amiga tb. 🙂 Desejo um Feliz Retorno para o Brasil e boa sorte em tudo.

    5 de fevereiro, 2011

Deixe um Comentário